segunda-feira, 27 de abril de 2009

Domingo de gratas surpresas e infelizes constatações !

Este domingo, 26/04/2009, vai ficar bem guardado em minhas lembranças esportivas.

Começamos pela manhã, com a F1.

Infeliz constatação: Barrichello tem, de fato, a vocação do erro.

Empresto a frase de um ilustre botafoguense. Confesso não recordar o nome do autor, mas a li em um painel de fotografias, lá no Caio Martins. O nosso bravo piloto, que detonou o Shummy no final do ano passado, agora anda a quilômetros do Button.
Tem o melhor carro do início de temporada, é o piloto mais rodado e não consegue ganhar corridas. Nesta sua longa carreira (?) está prestes a conseguir mais uma façanha: Vice! De um virtual aposentado!

Me recuso a ouvir mais explicações mirabolantes sobre segundos e décimos de segundos que seriam ganhos, caso o jabuti vencesse a lebre e blábláblá!...contos da carochinha (minha Neguinha que adora!).
Nosso Barrichello pretende visitar o espaço. Que os astros iluminem seu ânimo. Mas que não vá pilotando a nave, pois há riscos de não chegar.


Outra triste constatação: o Botafogo, tem mesmo a vocação do erro!


É preciso um "exame" minucioso no departamento técnico do alvinegro, para saber os motivos de tantas contusões musculares.

Não é possível perder um jogador da qualidade do Maicossuel, assim.

Foi o mesmo com Victor Simões, na taça GB. O Reinaldo sofreu com o problema, por duas vezes. Juninho, idem...e por aí vai.

O título está seriamente ameaçado por essa possível ausência do jogador mais criativo do elenco alvinegro. Sem ele, artilheiro do campeonato no momento, o ataque botafoguense pouco funciona.

Lógico! futebol não tem lógica... Mas, que o Maicossuel entorta, ah! entorta.
Diriam as manchetes da década de 60: "Mais um João na lista...". Neste século, poderia se dizer: "Mais um Juan na conta...". Nossa! Pura maldade. Mas que ele entorta...

A equipe do Flamengo é mais técnica que a do Botafogo. Seus jogadores atuam com mais inteligência e usam melhor a posse de bola. Os armadores do rubro-negro têm maior qualidade no passe, e se não forem marcados de perto, criam situações perigosas de gol.

Um fato que "incomodava" a torcida do Fla - os vices do Cuca - parece que foi resolvido pelo tribunal da federação. A galera do clube da Gávea agora deve ir em peso ao Maracanã, uma vez que tem um amplo favoritismo devido aos desfalques (!?) do time da estrela solitária.

Mas o Cuca que se prepare! Se o Fla vencer, o campeão terá sido o Cuquinha. Outra maldadezinha. Perdão.


Grata surpresa vem de Santos: Ronaldo! o dito gordo-acabado.


Quantas pessoas neste mundo demonstram tamanho poder de superação?

Quantos de nós nos frustramos após uma grande perda, ficando com a moral no chão?

Competência, glamour, dinheiro...o que move o Fenômeno?

Este jovem do subúrbio carioca tem o carisma dos vencedores. Aquele tipo de pessoa que gosta do desafio e não se rende ao menor tropeço, seja de que espécie for. Luta bravamente em função de um amor desmedido pelo futebol, com um senso profissional genuíno dos campeões.

O domínio da bola, no lance de seu primeiro gol no jogo contra o Santos, foi antológico. Já o toque que deu na bola, no último gol daquela partida, fechou o espetáculo com o requinte dos grandes artistas.

Ronaldo está de volta! Tem a seu favor, a genialidade de que foi dotado e a alma do menino que adora a brincadeira de bola.

Bola que "ri" quando chega a seus pés.

Os amantes do bom futebol agradecem, Fenômeno! Já os comentaristas apressadinhos...

Desculpem o atraso dessa postagem. Por problemas técnicos no PC fiquei impossibilitado de escrever. Tudo normalizado, agora.


nota: Neguinha.Trata-se de minha sobrinha de 2 anos. Linda!

Um comentário:

Seu comentário é muito importante. Avalie, critique, fique a vontade.