quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Atendendo a pedidos...



Eu juro que não queria. Assisti ao vivo, ví o "compacto"...disse a mim mesmo que nada comentaria. Mas eis que alguém resolveu "fustigar" o blogueiro pretensioso.


E como bom menino que sou...





PUTZ! VIRAM A MOLEZA (?) QUE O BARRICHELO ENCONTROU DOMINGO?



Segundos e mais segundos de vantagem. Nossa! Que carro era aquele? Mercedez, o motor. "Sim, mas...e daí? As "prateadas" também usam Mercedez" - dirá o leitor mais atento. HAHAHAHAHA! UHUUUU! Mas o Barrichelo não corre por eles!!!!!!


Vamos aos acontecimentos. O nosso trapalhão (desculpe, Renato) de capacete (Ah! O trapalhão citado é o Aragão. O do Flu, mencionarei oportunamente)...reclamava sistematicamente de favorecimentos ao seu companheiro, James Button. Foi assim, com relação ao Schummacher; também com relação ao...com é mesmo o nome...? Bem, ele sempre foi assim. Enfim! Reclamou tanto que parece ter sido atendido. Deixaram o Button de lado. Mala é mala, meus amigos. Quem nunca carregou alguma?


Feito isso, a direção da equipe disse: "É com você! Vença as corridas". Foi quando ele se deu conta. "E agora? E se eu não vencer?".


O esperto (?) corredor, então, resolveu fazer das suas. E numa arrojada volta de classificação deu tudo. L-i-t-e-r-a-l-m-e-n-t-e, tudo. E quem pagou o pato? O único brasileiro ainda veloz na F1. O "Barrika" deu uma "molada" na cara do Massa. Já viram a cara do Massa "aMASSAda", né? (Deus! Hoje estou infame...rs).


Trapalhada feita; corrida perdida; pedido de desculpas..."O que vão falar de mim?" - imaginava o bravo "Barrika". Azarado seria gentileza.


Mas eis que os fatos conspiraram a favor do nosso piloto recordista de "GP's de F1". As equipes, trancadas em seus laboratórios, analisaram detalhadamente aquela traumática (pro Massa) volta e verificaram todas as probabilidades. Testes usados em laboratórios da NASA foram aplicados àqueles fatos. Decisão dos construtores: "nossos pilotos não podem andar atrás do Barrichello".


E foi o que vimos no fim de semana passado, meus amigos. Quem ficou atrás, ficou bem atrás. Nem chances de ultrapassagem deram. Foi tudo arranjado no pit stop. E não era para menos, vocês hão de concordar.


Azarado que só ele: vai que solta o MOTOR, depois de uma ultrapassagem? Haja plástica, para se arrumar o rosto do piloto ultrapassado.


Viram as caras do pai e da namorada do Hamilton? Aquele desespero não era pelo "erro" da equipe, na troca de pneus. É que eles poderiam estar sendo rápidos demais..."segura mais dois segundos" - era o significado daqueles gestos aflitos.



Barrichello! Sua corrida foi fantástica, como disse o chefe Brawn. Mas, desculpe! A piada é imperdível. Você não a perderia, que eu sei!


Que os fins de semana de GP sejam sempre como esse. Daremos muitas gargalhadas com aquela "sambadinha" (Jesus! Carlinhos de Jesus que o socorra).

3 comentários:

  1. UUUUFFFAAA!!!!!! ATÉ Q ENFIM!!!!!
    BOM RETORNO!!!
    TE DEIXO EM PAZ AGORA
    UM GRANDE ABRAÇO

    ResponderExcluir
  2. rsss....boa postagem!...to rindo ate agora!!!.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante. Avalie, critique, fique a vontade.