quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Somos apenas limitados.Só isso.

Os dias passam lentamente, quando estamos debilitados, amargurados, cansados ou limitados fisicamente.
Dor. Sentir dor é muito ruim. E deixar as coisas que se gosta de lado também dói muito. Perder a autonomia; não poder ir e vir livremente; depender de alguém para determinada tarefa.
Estar sentado e não poder se deslocar para o lado desejado, porque dói.
Assim, a vida vai passando e você ali: encerrado.
Pensar! A única forma de liberdade.
Rever. Reviver. Inventar. Pesquisar a si mesmo.
A generosidade divina nos concede as oportunidades mais incríveis: os dias são lentos mas o pensamento voa. A liberdade é limitada mas a alma viaja. O lado desejado de imediato não é possível mas damos uma volta inteira até chegarmos lá. E no decorrer dessa longa volta...
E pensar que por tantas vezes temos pressa em alcançar o "lado" certo e perdemos a viagem. O caminho trilhado é o que de fato importa. As pedras, matagais, lagos, pássaros...o céu! Tudo ali, para ser contemplado...mas temos pressa.
Temos pressa em possuir e não saboreamos conquistar; queremos o resultado e não valorizamos o esforço empreendido; julgamos querer o que nos é justo e esquecemos o merecimento; queremos alguém e esquecemos a vida. A nossa vida. Que não é de ninguém. Assim como nossas dores. Que serão sempre nossas. E também o resultado de nossas escolhas, que afetarão apenas a nós mesmos.
O que temos, é o que fazemos acontecer para nós mesmos, com o nosso esforço, ainda que estejamos limitados.
Pois que somos heróis, quando superamos os limites e alcaçamos aquele "lado" difícil. Então, para que imputar a outros as dores que sentimos, quando nosssas vontades não podem ser satisfeitas?
Nada pode ser nosso, se por natureza pertence a outro. E vontade, como diz o ditado: "é coisa que dá e passa".
Na vida, tudo passa (alguém já disse isso antes? rs). O que fica está guardado no nosso registro emocional. E não adianta querer advinhar. O que virá, acontece antes, muito antes. Mas você nem sabe ver. Somos limitados. Mas está ali, acontecendo na sua frente. Mas não podemos perceber. Somos limitados.
No dia em que o Criador resolver que merecemos um up grade (tradutores de plantão, me socorram!...hehe) com certeza iremos evoluir para o transporte entre as dimensões. Aí! Nossa, veremos que...
Mas isso! Ah! Isso já é outra história...
E haja merecimento!
Boa noite.

8 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Delícia de postagem! Disse que iria virá sua fã,hehehe. Espero que a namorada não brigue.
    Meu nome é Allana,navego nos blogs para pegar dados para minha monografia. sobre homens e mulheres que falam sobre si , sou estudante de Piscicologia, não se preocupe, que as fontes não são reveladas ok.
    meu email, caso queira trocar informações
    allanamq@gmail.com
    bju
    PS: Vc é ótimo!

    Allana

    ResponderExcluir
  4. Tá muito parado esse Blog, vamos reagir. Vc consegue, vai!!! O pensamento e as mãos não estão imobilizados. Tá bom!!! pode falar do Botafogo novamente. Eu suporto!!!Só pra ver esse blog andar!!!! Ele joga hoje então naõ vai faltar assunto.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  5. Tá bom!!! vou te ajudar...Tenho q admitir q foi um jogão!!! e o Barrichello (?) foi lindo e emocionante. Tenho certeza q vc assistiu a tudo. Escreve Vai!!! fala alguma coisa.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  6. "Não devemos esperar pela inspiração para começar qualquer coisa. Ação sempre gera inspiração. A inspiração quase nunca gera ação"
    Frank Tibolt

    ResponderExcluir
  7. excele4nte crônica Amselmo
    aplausos tbém pelo por de sol na Praia de s. Francisco
    abraços afetuosos

    ResponderExcluir
  8. Engraçado, tenho a impressão que as pessoas gostam de ver o sofrimento dos outros pois os textos mais sofridos são os mais comentados. Prefiro você criativo, falando de amor, criando histórias, falando de bons sentimentos, de viver a vida.
    Todos temos dor, sofremos mas não podemos nunca deixa-las se transformarem em dores crônicas, sem cura, em nossas vidas. Temos que sempre dar a volta por cima e renascer....
    Em cada momento conheço um pouco mais sobre vc... to adorando....

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante. Avalie, critique, fique a vontade.