sábado, 3 de outubro de 2009

Olimpíadas 2016. E agora?

Estamos abarrotados de chavões, após a divulgação da cidade sede das olimpíadas em 2016: "O Rio de Janeiro continua lindo", "Sou carioca com muito amor", "Rio, cidade maravilhosa"...enfim, tudo o que se dizia há anos. Sim, meus caros. O Rio sempre foi lindo e maravilhoso. Desde as décadas de 30, 40, 50...Porém, notem, leitores de mais idade: a qualidade de vida em nossa cidade vem caindo, década após década. 



Surge outra oportunidade para que o Rio de Janeiro se torne, de fato, uma cidade boa de viver. E o povo do Rio deve assumir essa responsabilidade. Seremos a janela por onde o mundo verá o Brasil. Isso! Não se trata apenas do Rio de Janeiro. Como diz a música: "ficar de frente para o mar e de costa para o Brasil, não vai fazer desse lugar um bom país" (Milton Nascimento e Fernando Brant). Muito menos nossa cidade.



Sete anos de trabalho, disse o Sr. Nuzmman. Viram!? Tem prazo de validade? Então é isso? Sete anos? Tá! Beleza. E depois?

Agora, povo carioca, chegou a hora desta que foi: "a capital cultural do pais". Temos que nos mobilizar por tudo que diz respeito aos próximos "UM MILHÃO DE ANOS, AQUI". Isso mesmo! Sete anos o cacete. Corruptos, fora! Marginalidade, fora! Tráfico, fora! Milícias, fora! Enfim, fora com tudo que atormenta a tranquilidade e prosperidade de um povo alegre e inteligente.


Mas até para se fazer isso, deve haver responsabilidade e compromisso. Educação. Convencimento de que nada do que está aí, hoje, vale mais a pena. Os dirigentes eleitos devem sentir nas costas o peso de cada voto recebido. E no cangote, o bafo de um eleitor atento.

Rio. Lindo Rio de Janeiro. Povo bonito e feliz. Não vamos ficar nessa ressaca pelos próximos sete anos, vamos? Junto a esse tal comitê olímpico, vamos arregaçar as mangas e dizer um basta a tudo o que nos tira das ruas e nos tranca em nossas casas. Viram como foi feito para convencer o mundo de que a olimpíada deveria ser realizada aqui? Pois está aí o exemplo. Ou mesmo o que foi feito para que voltasse ao congresso o projeto de "político ficha limpa".



Então:  carioca, mineiro, paulista, nortista e nordestino, sulista...vamos fazer desse lugar um bom país. O mundo está de olho. Podemos. Acreditem. Que se comece junto com o tal comitê. Mas que dure para  sempre o trabalho de construção de um grande país. Não há mágica. Basta vontade. E a nossa vontade é aquela que vai para as urnas. E a avaliação começa agora.



O Rio está na vitrine. Nós estamos na vitrine. Temos que colocar aquele "sorrisão" malandro e bonito no rosto e sair por aí dizendo: " O MEU RIO SERÁ AINDA MAIS BONITO, MAS O MEU PAÍS AGORA É MUITO MELHOR".  Não duvidem. As coisas boas desse país começam aqui. Lembrem-se das  "Diretas já", "Impeachment " e "os caras pintadas". São tantos, os fatos relevantes.

É isso aí! Está dito.
 Bom fim de semana a todos, com as graças de São Francisco.

Um comentário:

  1. Não resistir! Tudo que diz respeito ao Rio fico antenada! parabéns pelo texto, realmente pertinente, mas "eu sou brasileiro" e acredito que tudo é possivel..e sendo carioca principalmente.. vamos arregaçar as mangas e mostrar nosso valor, como diz a letra desse samba:

    "Chegou a hora dessa gente bronzeada mostrar seu valor
    Eu fui na Penha, fui pedir ao Padroeiro para me
    ajudar
    Salve o Morro do Vintém, Pendura a saia eu quero ver
    Eu quero ver o tio Sam tocar pandeiro para o mundo
    sambar"...rsss

    Bju e fé!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante. Avalie, critique, fique a vontade.