domingo, 18 de outubro de 2009

Uma querida colaboradora.




Querido leitor.

Voce deve estar se perguntando de onde surgiram alguns belos contos e poesias, com uma linguagem nova, em nosso espaço.

E perceberam ainda, uma nova assintura: Drª. "F".

Algumas pessoas, que a sorte divina me fez conhecer, passaram por este blog e o acharam simpático, acolhedor (rs). Pelo menos foi o que me pareceu que sentiram. E fizeram alguns comentários carinhosos, que até resolvi colocar como postagem. Ensinamento e gentileza da Hanna (http://sobretudoqualquercoisa.blogspot.com/).

Mas a Drª. "F", em conversa de fim de noite, depois de uma caipirinha servida do jeito certo (o mineiro, sem coar), e muitas horas de histórias divertidíssimas, ou trágicas, se revelou amante do escritos. E olha! Que escritos. Sugeri que ela criasse um blog, para que pudesse compartilhar sua sensibilidade com mais pessoas. Ela me lembrou das tarefas de seu agitado e curto dia de trabalho. Curto, pois quase não dá tempo de resolver tudo em apenas 24 horas. A nossa querida Drª desempenha funções importantes em nossa sociedade, e não se achou segura, o suficiente, para manter um blog. Disse que seria muita responsabilidade e esse comprometimento não está nos seus planos atuais. Perfeito, Drª - disse eu, vislumbrando uma solução para não calar tanta emoção - escreva no meu blog. Eu serei seu pseudônimo, brinquei. E ela adorou a idéia!

Mas como isso seria falsidade ideológica; apropriação indébita da cultura e conhecimentos; uma farsa..(.rsrs)resolvi criar a Dr.ª "F".

Sei que gostarão de tudo que vier com essa assinatura. Não tenho dúvidas. Quem sabe, aos poucos, essa pessoa incrível não se revela a todos. Eu gostaria muito que assim fosse. Mas estou feliz em saber que por seu intermédio esse blog enriquecerá os corações de muitos.

Beijos, querida Drª. "A casa é sua!"

É! Está dito.

Ah! vou correndo pro quarto. Vai começar a F1. Nosso "almirante" está no comando.


Bom domingo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante. Avalie, critique, fique a vontade.