quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Ãh!!!

Não quero erratas passadas,
Vidas atrapalhadas,
Mentes individualizadas ou
Deslumbrantes deslizadas.

Quero o novo.
Ou, até o antigo mas de bom gosto.
Quero de novo, mas com gosto novo,.
Sem o antigo sabor do desgosto.

Prefiro assim: sem.
Prefiro o depois: vem.
Prefiro assim: quem.
Prefiro o depois: outro alguém.

E então, por não dizer também:
Quando, onde e a quem,
Ficamos quietos por aqui com quem
Tem ou teria. Mas fez que nem...

(Anselmo Verissimo)