segunda-feira, 24 de maio de 2010

O PROJETO!

http://www.acao.fm5.com.br/


Desculpem o exagero. É apenas impolgação de um novato. A felicidade de uma nova porta se abrindo, apresentando horizontes antes apenas sonhado.
O link destacado é da Rádio Ação. Uma estação de rádio comunitária, com alcance em toda zona portuária do RJ, em FM 98,5. O Paulinho Carioca é o idealizador e Diretor Geral. Como o alcance da frequência é limitado àquela região, a web é o outro meio de acesso, tendo o ouvinte também a imagem dos estúdios, pela webcam, ao seu dispor. Ou seja, som e imagem para que vocês assistam o programa ao vivo.
Então! No sábado passado (22.05.2010), a convite dos meus colegas da Escola de Rádio - Gilberto Oliveira (Excelente locutor e apresentador da Ação), Thiago e Marcelo Guimarães - participei do programa Ação Esportiva. Um programa de debate esportivo que vai ao ar todo sábado de 10 às 12 horas. Lá, conheci o Marcelo Ramos, mais uma excelente voz do rádio e profundo conhecedor de futebol, dentre outros assuntos. Foi um programa delicioso, onde a ponderação e análise aguçada dos fatos permearam as discussões dos temas propostos. Aquela equipe esportiva, coordenada pelo Paulinho Carioca na operação de áudio e vídeo, é de fato um "show de bola" no rádio.
A capacidade de conexão ao programa está limitada a 300 acessos. O aumento desse número poderá ser discutido, de acordo com a audiência e frequência de acessos (neste sábado passado lotou..rs) avaliado pelas ligações dos nossos ouvintes que por ventura não conseguirem o acesso previsto. Ôpa!!!!! Eu disse "nossos"?...Pois então, meus queridos leitores...A gentileza para com os amadores, como eu, é mais um abraço que Deus nos dá, e diz: " Vai garoto, a bola tá contigo". Fui convidado a integrar a equipe do "Ação Esportiva". Muita felicidade para este "coração de estudante" de rádio. Um eterno aprendiz, graças às forças do Grande Arquiteto do Universo.
Espero que vocês possam estar conectados no link que está exageradamente colocado lá em cima. Entenderam, agora, o motivo do exagero, né?
Ah! E para aqueles que, como eu, adoram samba, o site é especializado no assunto. E PREMIADO!!!! Visitem, curtam. E se gostarem divulguem aos seus amigos e familiares. Espero que vocês apareçam em nossas transmissões e nos deem aquela força com suas críticas, observações e sugestões.











É! Está dito. Muito obrigado a todos. Este blogueirinho metido (veja a foto no Maraca! Estágio.) não cabe em si de tanta satisfação.










Eu e Gilson Ricardo, repórter e comunicador da Rádio Globo. Estágio de Reportagem Esportiva, turma do Eraldo Leite.

Ah!!!! Simmmm...estava esquecendo de uns agradecimentos especiais:
Ao Ruy Jobim, Bruno Menezes, Eraldo Leite e Mario Marcio (foto abaixo, no centro, ao meu lado) , que muito me ensinam e não deixam minha bola baixar, lá na Escola de Rádio. Vocês são grandes! Obrigado.










Turma de Radialismo na Escola de Rádio com Mario Marcio da Paradiso FM





E muito obrigado a todos que me acompanham aqui neste nosso blog. Recebo, sempre, muito carinho e força para continuar tentando este sonho.

VALEU!!!!!!

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Sentido.

Curto é o dia feliz
E longa a noite de agonia.
A vida que nos contradiz,
Não permite mais um segundo de alegria.

Forte é o coração daquele ser
Que eleva a Deus os pensamentos,
Quando percebe que em todo amanhecer
Está envolto um temor ou tormento.

Grande é o homem, que pequeno se ajoelha,
E olha os céus em seu infinito esplendor,
Para que de toda sua humildade faça surgir uma centelha
Que trará vida, alegria e toda forma de amor.


Oh! Quão bom o simples e fácil ser
Que chora, sorri e faz crescer
A imensidão do sorriso franco
Dentro daquele que não mais crê.

(Anselmo Verissimo)

terça-feira, 11 de maio de 2010

Vídeos novos

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Silêncio e palavras.

A palavra.
Marca de uma expressão incerta,
Dita por uma voz encoberta
De paixão, ódio, rancor.


Sua ferida arde.
A dor lancinante retorce os sentidos,
Derrubando aquela que lhe deu ouvidos
E esqueceu por instantes o amor.


Coração estraçalhado.
Palavras esmagadoras e desprovidas,
Faz emudecer e sucumbir a pessoa mais querida
Que se encolhe e amedronta em terror.


Fala, coração, a tua palavra.
Diz de tua força e dor silenciosa.
Acarinha, acalenta e protege aquela flor mais preciosa.
Grita de uma vez, todo teu amor.


(Anselmo Verissimo)

domingo, 2 de maio de 2010

O Ganso assinou a sua convocação...Santos dos Santos! O Clássico.

Quem viu se encantou e nada entendeu. Quem não viu, perdeu.

"Eu não, professor! Tira o André. O Jogo é meu!Vou ficar aqui..."

Foi mais ou menos isso que o Paulo Henrique Ganso disse ao Dorival Júnior. Que sorte tem esse treinador. Que sorte, tem o telespectador que parou à frente do televisor. Um espetáculo! Nada que se possa imaginar. Um roteiro, que jamais será escrito. Personagens mitológicos. Um futebol, como há muito não era jogado no país. Não só pelo Santos. O Santo André foi magistral. Quase invencível...Quase!

Nas décadas de 60 e 70 era este tipo de futebol que se jogava no Brasil. Nada que impressionaria a quem viveu naquela época, como eu. Mas, a saudade é tamanha que não contenho a emoção.

Tudo o que penso sobre futebol se resumiu neste jogo. Audácia, talento, força, experiência, raça, humildade e inteligência. Sobretudo, inteligência. Visão de jogo. "Joga bola, jogador...". A bola, só procura o craque. Procurava o Ganso. E como os dois se entendem. Ela, uma linda mulher indomada. Ele, um lorde! Ambos se olham e se amam. Sem nem ao menos necessitarem de maiores apresentações. Um laço, os uniu, lá, muito além do infinito imaginável...Nasceram um. Foi assim que aconteceu e ficou registrado.

O Brasil conheceu um craque que todos sentiam falta. Uma ausência sentida, que volta para preencher um vazio insuportavel até então. O vazio deixado por Nilton Santos, Didi, Zito, Gérson, Carlos Alberto Torres...e mais alguns outros, poucos.

Não foi a ginga incrível ou passo-de-balé-moleque que decidiu o jogo. Foi o conhecimento, a força moral, a visão crítica e vencedora, o talento maduro e sofisticado de Paulo Ganso.

Este moço fez com que uma frase que costumo dizer, se tornasse um fato concreto: "Técnico não ganha jogo, mas ajuda a perder".

Louvo a humildade do Dorival Júnior em reconhecer o elevado espírito profissional, e a moral inabalável, deste jovem e talentoso jogador. Foi perfeito em suas colocações a respeito da "rebeldia" do craque. Espero, que ao chegar no vestiário, tenha dito em alto e bom som, para todos ouvirem: " Obrigado pelo título, Ganso!".

Aqui deste espaço agradeço o espetáculo!

É! Está dito. Muito obtigado.