quinta-feira, 20 de maio de 2010

Sentido.

Curto é o dia feliz
E longa a noite de agonia.
A vida que nos contradiz,
Não permite mais um segundo de alegria.

Forte é o coração daquele ser
Que eleva a Deus os pensamentos,
Quando percebe que em todo amanhecer
Está envolto um temor ou tormento.

Grande é o homem, que pequeno se ajoelha,
E olha os céus em seu infinito esplendor,
Para que de toda sua humildade faça surgir uma centelha
Que trará vida, alegria e toda forma de amor.


Oh! Quão bom o simples e fácil ser
Que chora, sorri e faz crescer
A imensidão do sorriso franco
Dentro daquele que não mais crê.

(Anselmo Verissimo)

4 comentários:

  1. Meu querido, os elogios às suas poesias já estão na ordem do lugar comum. Cada vez mais intensas e bem escritas. Esta tem a palavra "sentido" por título. Palavra de muitos sentidos... Um deles refere-se ao por-se diante de si mesmo, como quem olha para dentro de um poço fundo, debruçando-se na beirada. O fazer poético é como que encontrar o sentido que descreve o rosto de nós mesmos -e que somente conseguimos divisar na superfície da água límpida de nosso próprio poço e sofrimento. A dor é oportunidade única para nos elevarmos aos céus e lá encontrar aquele que realmente somos, livres dos acúmulos de papéis que o mundo nos impõe. É preciso não desperdiçar os acréscimos desta viagem, e daí tornarmo-nos melhores. Aproveite esse momento para transformar em sorriso a dor que não te pertence... e assim estará consolando a própria dor. Que os anjos de bondade e luz o acompanhem ao longo deste caminho.
    E como de sempre, amor.
    Hanna.

    ResponderExcluir
  2. Acrescentando um pouco mais as palavras tão bem redigidas por Hanna,... no “sentido” de seus versos onde diz : “curto é um dia feliz”... vos digo, curtos são também os dias tristes, pois o que difere entre eles não é o tempo em quanto tempo, mas a profundidade que os sentimos. Vejo a dor como ensinamento e a alegria como o bálsamo que nos alimenta a acreditar que tudo pode ser melhor.
    Um beijo estalado,
    M.

    ResponderExcluir
  3. Hanna, muito obrigado. É sempre uma grande honra e alegria poder compartilhar alguns escritos com você, que é mestre impecável nesta arte. Grandes dias prá vc querida.

    Um beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Marcia.

    Grande beijo. Obrigado pelo carinho e generosidade com este escrevinhador de letras tortas...rs! É sempre muito legal ver nossos momentos por uma ótica sensível e amiga, como a sua.

    Saúde, força e paz!

    Muito obrigado.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante. Avalie, critique, fique a vontade.