quinta-feira, 30 de maio de 2013

Pensamentos e Conexões.



“Fiquei pensando: no coração universalista e fraterno, estão as pegadas amorosas de todos os mestres. Em sua atmosfera eclética, não há disputa religiosa nem apelos ignorantes. Nele, todos os passos luminosos são bem-vindos. Não há fanatismo em seu lar, nem a falsa noção de que um mestre é superior a outro.”


― BORGES, Wagner D’Eloy. Ensinamentos extrafísicos e projetivos: orientações espirituais de Sanat Khum Maat. São Paulo: Madras, 2005, p. 62.



"O importante é que você tem alguns caminhos à sua escolha, independentemente da tradição a que pertence por nascimento. E não é necessário mudar de religião para seguir um caminho que não é o predominante da sua religião. Como disse Don Juan, o guru de Carlos Castañeda, escolha o caminho do seu coração, porque esse é o caminho que vai transformar você."

- GOSWAMI, Amit. A janela visionária: um guia para a iluminação por um físico quântico. 2. ed. São Paulo: Cultrix, 2005, p. 179.



O livre-pensador, quando se identifica com o espiritualismo universalista, evita se adstringir à determinada doutrina consciencial. Prefere extrair de cada ramo do conhecimento aquilo que lhe parece aproveitável naquele momento evolutivo. Esforça-se para tornar o mosaico de influências pensamento coeso e coerente, embora passível de aperfeiçoamentos.


É isso, está dito! Forte abraço a todos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante. Avalie, critique, fique a vontade.